FAÇO BOLOS E BOLACHAS

FAÇO BOLOS E BOLACHAS
Se mora na área de Leiria, Batalha, Marinha Grande e precisa de bolos, bolachas, salgados ou de organizar uma festa, contacte-me para
ninitasilva@gmail.com.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Ultimos bolos

Esta ultima semana fiz bolos que me deram muito gozo fazer. Aqui ficam a imagens.
Os sapinhos da Inês

Os bolinhos dos gémeos
Para casa
Para a escolinha
 
Um passeio aos golfinhos


terça-feira, 25 de outubro de 2011

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Um bolo de noz

Tenho andado longe do blog, mas espero regressar aos poucos. Cozinhados continuam por cá, mas os mais triviais que não merecem lugar de destaque aqui neste canto. 
Regresso com uma sugestão para os dias de Outono que se avizinham (ou não!).

Bolo de noz com creme de ovos
Ingredientes:
300 grs de miolo de noz picado
200 grs de açucar
6 ovos
50 grs de farinha + 1 colher de chá de fermento

Bater os ovos com o açucar até ficarem esbranquiçados. Juntar a farinha e mexer bem. Por fim juntar a noz envolvendo bem.
Deitar numa forma redonda de 22cms, untada e polvilhada de farinha. Levar ao forno cerca de 35 minutos a 180º.
Este bolo pode ser consumido mesmo assim mas pode-se rechear e cobrir com doce de ovos, caseiro ou de compra.Usei fios de ovos de compra.

Doce de ovos
Ingredientes:
350gr açúcar
2dl água
3gemas
2ovos

Preparação:
Num tacho de fundo grosso, colocar o açucar e a água, levar ao lume e ferver durante 3 min. Entretanto num recipiente colocar as gemas e os ovos e bater com um garfo.
Retirar o tacho do lume, deixar arrefecer 5 minutos e adicionar lentamentea mistura gemas+ovos, mexendo sempre. Colocar em lume brando e mexer até engrossar (cerca de 30 minutos).
Rende cerca de 400ml.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Bolo de casamento da Mafalda e do Carlos

Este fim de semana foi o casamento da minha prima. Fui eu que fiz o bolo de casamento. A responsabilidade era muita e tive alturas em que "stressei" mas o resultado final até nem ficou mal.
Claro que tive ajuda cá em casa, o marido o filho e os meus pais. Foi um trabalho de equipe. Aqui fica a foto do resultado.


segunda-feira, 25 de julho de 2011

Bolo presente

Um presente muito especial.
Bolo de baunilha com recheio de creme de pasteleiro com amendoa torrada
2,5 kg

domingo, 3 de julho de 2011

Mais uma bola

Já sigo o blog da Sofia há uns tempos largos, desde que passou na Rádio Comercial, na rubrica "O meu blog dava um programa de rádio". Mal eu sabia que ela era praticamente minha vizinha.

Tive o privilégio de fazer um bolinho "bola de futebol", para o 7º aniversário do Miguel, o petiz mais pequeno da Sofia. Aqui fica a foto do bolo e das bolachinhas para os convidados da festa.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Churrasco na panela de pressão..????

Recebi este video por email e não pude deixar de partilhar convosco. Eu quero experimentar em breve, Será que resulta mesmo?

domingo, 15 de maio de 2011

Blogagem colectiva Fases da Vida - Adolescencia

A blogajem deste mês é sobre adolescência. Na adolescência começa a mudança do corpo e as dificuldades de relacionamento com os outros. Juntei dois adolescentes cá em casa. O meu filho e a minha filha têm diferença de 17 meses. Nesta fase da vida, os jovens tendem a alimentar-se com fast food. Cá em casa era raro entrar esse tipo de comida que deixavamos para quando comíamos fora. A nível alimentar, eles eram diferentes um do outro. Para ele entre os 14 e os 18, foi a fase em que esteve mais magro e comia como um desalmado. Ela na mesma idade foi mais redondinha, mas com gostos próprios. À mesa, era difícil agradar a todos cá em casa. Um gostava de massa, outro de arroz, o pai de batata. Hoje em dia, já comem de tudo e tenho muito orgulho nas Pessoas em que se tornaram. Dos poucos pratos consensuais cá em casa era (e ainda é) arroz de polvo. Aqui fica a forma como o faço.


Ingredientes:
Polvo q,b.(cerca de 150/200grs por pessoa, mas pode ser menos)
Arroz agulha
Água de cozer o polvo
Cebola
Bacon picado
Polpa de tomate
Sal e piripiri

Cozer o polvo em água abundante e fogo forte. Eu não cozo na panela de pressão e sai sempre bem. A agua é temperada com um pouco de sal, 2 malaguetas secas e uma cebola. Depois de ferver a água baixar o polvo lentamente de modo a que a fervura volte rapidamente. Deixar cozer na panela tapada por +- 30/40 m. Espetar com um garfo para ver se está tenro. No final da cozedura, apagar o lume e deixar arrefecer na água.
Refogar ligeiramente uma cebola picada com uma mão cheia de bacon picado miudinho, um gole de azeite e 2 ou 3 colheres de sopa de polpa de tomate. Quando a cebola estiver amolecida deitar o triplo de água, da quantidade de arroz e deixar ferver. Juntar o polvo cortado, o arroz e rectificar os temperos. Deixar cozer por cerca de 10 minutos e comer de seguida.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Bolo "Código binário"

O meu "filhote" fez ontem 27 anos. Será sempre o meu menino, mas já é um homem. Fiz-lhe um bolinho para a tradicional cantiga, que partilhámos com alguns familiares. O tema, foi informática, já que ele é engº informático. Uma decoração simples, que só nós entendemos. O bolo tinha a inscrição "Parabens Ricardo 27" mas em código binário.
O bolo é de caramelo, desta receita aqui, recheado com o famoso recheio maravilha com granulado de chocolate. Decoração básica de pasta portuguesa e letras de covapaste.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Rescaldo do fim de semana

No passado fim de semana foi Páscoa. Na minha familia a Páscoa não tem grande significado a não ser a reunião da familia à mesa, claro.  No entanto desde que começei a actividade de bolos e bolinhos, este fim de semana foi de trabalho, pelo que não pude elaborar demasiado a reunião de familia. Assim fiz uma mesa simplezinha e fiz um frango estufado com ervilhas acompanhado com batata esmagada com salsa (de que não tirei fotos). Deixo aqui algumas fotos dos meus trabalhos de fim de semana.

 A mesa do almoço de domingo

 Um ninho de chocolate para a família


 O bolinho "Hello Kitty" e a tarte de amendoa para o aniversário da Beatriz
 




Os bolinhos "Bob o construtor" do Henrique, para casa e para a escolinha

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Troca de mimos de Páscoa

A Andreia do "Aprendiz de cozinheira" teve um trabalhão a organizar uma troca de presentes de Páscoa entre as várias blogueiras que se prestaram ao desafio.
Recebi hoje da Sandra o meu presente. Curiosamente adocionei o blogue da "Sansra e a vida de casa" recentemente.
Adorei, Sandra. Acertaste em cheio nas cores de que gosto e vou usar os artigos que me enviaste já esta Páscoa, na mesa de domingo.
Um beijinho e um muito obrigada.
Ora vejam lá se não gostavam também de ver o pão num cesto lindo, ou servir o chá neste pano colorido.





Desejo a todos uma boa Páscoa.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Bolo bola

Fiz este bolo para um aniversariante fã de futebol, e fã do SLB. Não ficou perfeito, mas foi a primeira bola que fiz.

 Parabens Rodrigo


segunda-feira, 4 de abril de 2011

Pudim de cuajada com sobras de bolo

Nesta casa tento não estragar comida. Guardo restinhos de tudo e reciclo-os. Se sobra um hamburger ou um pedacinho de carne, congelo. Depois de todas as sobras juntas, faço empadão. Se sobram batatas cozidas, uso na sopa. Congelo tudo.
Esta receita que trago hoje, não chegou a ser congelada, mas tambem o podia ter sido. Quando sobra bolo de aniversário, retiro o recheio e a cobertura e congelo em pedaços. Depois utilizo noutra sobremesa e assim não andamos dias a comer bolo.
Esta sobremesa, pode ser feita com qualquer pudim e não só com "cuajada". Pode até ser feita com gelatina de frutas.
Pudim de "cuajada" com sobras de bolo

2 pacotes de Cuajada Royal
1 litro de leite
Sobras de bolo partido em pedaços (usei bolo de chocolate e bolo de limão)
Caramelo liquido q.b.

Fazer o pudim seguindo as instruções da embalagem e reservar até amornar. Caramelizar uma forma de bolo inglês e deitar um pouco do pudim, para criar uma "capa". Deitar os pedaços do bolo de modo a alguns fiquem agarrados à capa. Deitar o restante pudim sobre o bolo e levar ao frio de preferencia de um dia para o outro.
Nota: É importante que o pudim não esteja muito quente quando se deitar sobre o bolo para que o bolo não fique em papa. A ideia é ficar com pedaços de bolo compactados no meio do pudim.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Mousse de limão

Por estes dias abundam, cá por casa, limões. O limoeiro está carregado de limões prontos a usar e não consigo dar vencimento a tantos. Uso para tempero de tudo, incluindo saladas e até a raspa de limão, conforme sugestão da Rute.
Este fim de semana festejamos o aniversário do meu marido e o tema foi limão. O bolo foi de limão e chocolate, o arroz doce levou casca de limão e fiz esta mousse de limão, que já me pediram para repetir. Aqui fica a receita.
Ingredientes:
2 pacotes de natas
1 lata de leite condensado
1 pacote de bolacha tipo Maria
250 ml de sumo de limão e raspa fina de 1 limão

raspa grossa de limão e açucar q.b. para guarnição

Fazer a guarnição primeiro. Raspar casca de limão com o ralador grosso. Colocar numa frigideira, deitar uma colher de açucar e cobrir com água. Levar ao lume brando até a água evaporar, cerca de 15/20 minutos. Espetar um pouco de casca para ver se está cozida, desligar o lume e reservar. Quando arrefecer separar os pedacinhos de limão com um garfo.
Para a mousse:
Bater as natas com o leite condensado até ficar um creme fofo. Juntar o sumo de limão e a raspa fina de limão batendo sempre. Partir as bolachas miudinhas. Numa taça ou tabuleiro colocar em camadas a mousse,  bolachas, e acabar com mousse. Polvilhar com um pouco de bolacha e com os bocadinhos de casca de limão caramelizada. Servir bem frio.

terça-feira, 15 de março de 2011

Blogagem colectiva - Nascimento


Fui desafiada pela Rute do PPP a participar na blogagem colectiva cujo tema é Nascimento. Devo antes de mais confessar que sou melhor a cozinhar do que a escrever, mas há uma primeira vez para tudo.
Sobre que assunto escrever? Sobre o meu nascimento? Já foi há tantos anos e não me lembro. Do nascimento dos meus filhos? Lembro-me de não ter medo, de encarar o parto com naturalidade. Não tenho irmãos, primos ou sobrinhos de quem eu tenha cuidado e no entanto ser mãe foi intuitivo. Lembro-me de ter problemas a amamentar, sofri bastante, pelo que a amamentação foi breve. Nos anos 80, apesar de ser normal amamentar não havia tantos recursos como hoje. Lembro-me de pensar na altura do parto que o nascimento de um filho não devia ser tão sofrido. No entanto, no momento em que os temos nos braços a dor passa, esquece-se.
Isso é o Nascimento, não só de uma nova vida mas de um amor infindável. 

Pensando no assunto nascimento, e dentro da temática do meu blogue a primeira imagem que veio à cabeça foi ovo. Ovo é o inicio da vida. Um ovo e uma sementinha. Uma pequena receita, que pela sua simplicidade nem merecia aparecer aqui, mas que mesmo assim vos deixo.


Ovos mexidos com sementes de sésamo

2 ovos batidos
Pimento verde picado
Cogumelos cortados ao meio
Sementes de sésamo q.b.
Sal e pimenta q.b.
Spray Espiga para untar

Numa frigideira tostar ligeiramente as sementes e reservar. Untar a frigideira e saltear ligeiramente os pimentos e cogumelos. Deitar os ovos, parte das sementes e temperar com sal e pimenta. Mexer até os ovos cozinharem. Desligar o lume e polvilhar com as restantes sementes.

sábado, 12 de março de 2011

Pizza rápida ao gosto do freguês

 Numa destas noites o jantar cá de casa foi uma pizza...para cada um. Mas uma pizza pequena, ok? Feitas em casa com o que havia no frigorifico. A massa é muito rápida de fazer e fica muito boa. Quanto aos recheios deixo a imaginação de cada um.


 Massa rápida para pizza

2 chavenas de chá de farinha de trigo
3/4 chavena de chá de leite
2 colheres de sopa cheias de azeite
1 pitada de sal
1 colher de sobremesa de fermento em pó

Numa taça misture a farinha de trigo, o sal e o fermento em pó. Em seguida, acrescente o azeite e o leite
Amasse levemente, pois fica um pouco mole. Junte um pouco mais de farinha se necessario até a massa se despegar das mãos. Cubra com um pano e deixe descansar por 15 minutos. Após esse tempo estenda a massa e coloque os ingredientes a gosto. Vai ao forno até ficar douradinha, cerca de 25 minutos.

Nas minhas pizzas usei molho Guloso al' italiana, queijos mozarela e da ilha ralados, em todas. Depois uma levou salsichas frescas sem pele e linguiça, outra levou cogumelos, cebola em fatias  e azeitonas. A terceira levou salsicha, azeitonas e cebola. Todas levaram oregãos secos por cima a gosto.

segunda-feira, 7 de março de 2011

Bolo de aniversário da minha mãe

Já passou um ano desde que fiz este bolo. Este ano estou numa de bolos decorados com pasta de açucar. Desde que fiz o cursinho nos Bolos da Dina, a minha imaginação não pára.
A minha mãe fez mais um aniversário, 73º . Ela diz que já são muitos e tem que parar de fazer anos. Mas eu acho que um miminho, um lanchinho com um bolo, fica sempre bem. É um modo de termos desculpa para comer bolo.
Bolo de manteiga
250 gr de açucar
400 gr de farinha
12 colheres de sopa de leite (+- 160 ml)
125 grs de manteiga (uso metade manteiga, metade margarina)
2 colheres de sobremesa de fermento
4 ovos

Pré aquecer o forno a 180º. Untar uma forma redonda de 22 cm com manteiga e polvilhar com farinha.
Bater as claras em castelo e reservar. Derreter a manteiga e bater com o açucar, juntar as gemas e bater até obter um creme liso e esbranquiçado. Juntar o leite e a farinha com o fermento alternadamente. Depois de bem incorporados, juntar as claras mexendo sem bater.
Levar ao forno por cerca de 40 a 45 minutos.

Neste caso decorei com covapaste, mas esta receita faz um bom bolo para chá.

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Aprender faz sempre bem

Este fim de semana participei, pela primeira vez, num workshop de bolos decorados com pastas de açucar. Devo dizer que adorei. Já tinha feito um bolo coberto de pasta americana, mas muito simples. 
Resolvi aprender os truques dos profissionais e aprendi coisinhas básicas (para eles) mas muito giras  e  práticas. Fiz o workshop dos "Bolos da Dina", com a Dina e o marido que são um casal simpatiquissimo. 
Nunca pensei ter jeito para bonecos moldados e até isso eu fiz. Não ficou um trabalho perfeito, mas com a prática lá chegarei. Ora digam lá se não ficou engraçado?

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Lombinho de porco com manga

Uma receita adaptada. Queria fazer peito de pato com manga, mas não encontrei nem no talho nem no supermercado e não me apeteceu comprar o pato inteiro.
É uma combinação estranha mas resulta muito bem.
Marinar num saco de plástico:
2 lombinhos de porco sem peles nem nervos
2 colheres de sopa de azeite
2 dentes de alho picados
1 colher de sopa de molho de soja
1 colher de sobremesa de gengibre em pó
1 colher de sobremesa de oregão secos
sal e pimenta q.b.
Deitar todos os ingredientes num saco e deixar marinar pelo menos 2 horas.


Outros ingredientes:
1 manga madura mas firme, cortada em cubos
espinafres em folhas q.b (um saco)
batatinhas para assar
1 cálice de vinho do Porto
sal, pimenta e azeite q.b.

Untar uma frigideira com um pouco de azeite e quando bem quente selar a carne de todos os lados. Quando a carne estiver dourada, colocar numa assadeira e reservar. Juntar as batatinhas, temperá-las com um pouco de sal, azeite e um pouco de oregãos secos, dispor em volta da carne, tapar com folha de aluminio e levar ao forno por cerca de 20 minutos. Destapar e deixar corar por mais 10 minutos.
Na mesma frigideira onde se selou a carne deitar a marinada da carne, o vinho de Porto e a manga.Temperar. Deixar cozinhar 10 a 15 minutos mexendo de vez em quando para não queimar. A manga deve ficar cozinhada mas não desfeita. Juntar os espinafres e deixar estufar mais 5 minutos.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Bolachas para festejar o dia dos namorados

Cá em casa não somos muito de festejar este dia de São Valentim. 
Antigamente não se festejava este dia mas as influências anglo-saxônicas na nossa cultura, ditaram esta veia consumista que se vê neste dia.
No entanto para marcar o dia resolvi fazer um miminho para os meus homens, pai, marido e filho. Bolachas decoradas com glaçê.
Bolachas decoradas
Ingredientes:

500gr de farinha
200gr de açucar
125g de manteiga
2 ovos
1 colher de chá de fermento
sal fino q.b.
extrato de baunilha q.b

Preparação

Deitar a farinha,o açucar,o sal, numa taça e misturar os ingredientes. Juntar a bauninha à manteiga derretida,  e misturar na farinha, juntar os ovos e amassar bem até ficar uma massa homogénea.
Esticar a massa com cerca de meio centimetro de espessura e corta-la com o cortante corações. Levar ao forno a 200º, sobre folha de aluminio ou de silicone por cerca de 10 /12 minutos. 

Decoração
1 clara de ovo
150 grs de açucar fino (icing sugar)
1 colher de chá de sumo de limão
corante a gosto (opcional)

Bater a clara em castelo. Quando estiver quase no ponto juntar o sumo de limão e o açucar. Bater bem. Deitar sobre as bolachas depois de arrefecidas e deixar secar ao ar.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Bolo de laranja

Nesta época do ano abundam laranjas cá por casa. Familia e amigos não sabem o que fazer a tantas laranjas e aparecem-me com sacos cheios delas. Geralmente não são muito doces e só se podem utilizar em sumos. O problema principal é que nem eu nem o meu filho podemos beber grandes quantidades de sumo de laranja fresco porque não nos cai bem. A solução é utilizar o sumo em várias receitas. Este bolo é do mais simples que há, mas delicioso.
Bolo de laranja

4 ovos
3 chávenas de farinha
2 chávenas de açúcar
1 chávena de óleo
1 chávena de sumo de laranja
raspa de 2 laranjas
1 colher de sobremesa de fermento em pó

Untar e forrar o fundo com papel vegetal de uma forma de cerca de 22 cm de diametro. Pré aquecer o forna a 180º.
Bater as claras em castelo e reservar. Bater as gemas com o açucar até ficar um creme esbranquiçado. Misturar a raspa de laranja e o fermento na farinha. Juntar às gemas o óleo, o sumo de laranja e a mistura de farinha. Depois de bem misturado envolver as claras. Deitar na forma e levar ao forno 30 a 40 minutos. Fazer o teste do palito. 

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Sopa de bacalhau reconfortante

Adoro sopa de bacalhau em dias frios. O caldo aromatizado, comido bem quentinho tem algo que me aconchega. É por si só uma refeição e pode sofrer as maiores variações. Desta vez ficou assim.





Ingredientes:
Bacalhau desfiado congelado q.b.
2 batatas cortadas em cubos pequenos
1 repolho pequeno cortado em quadrados
1 ovo por cada prato
3 fatias de broa de milho cortada em quadrados
pimenta em grão
2+1 dentes de alho
folha de louro
oregãos secos
azeite

Cozer o bacalhau, a couve e as batatas com água temperada com alguns grão de pimenta, folha de louro, os dentes de alho esmagados e sal. Quando estiver cozido deitar os ovos, sem casca, para escalfar.  Deixar cozer entre 5 a 6 minutos. Apagar o lume e deitar um fio de azeite.
Entretanto levar a broa ao forno regada com um pouco de azeite misturado com o outro alho esmagado e os oregãos. Deixar torrar um pouco.
Deitar a sopa nos pratos com um ovo para cada um e juntar os "croutons" de broa. Comer quentinha.


Aproveitei para participar no passatempo da B.V. com esta receita. Passem por lá tambem e participem.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Pavlova de chocolate

Esta foi uma das sobremesas que fiz para o Natal cá de casa. Apesar de não ter ficado excepcionalmente bonita ficou bem saborosa. A receita original é enfeitada com frutos silvestres, mas como o meu marido não gosta, enfeitei com raspas de chocolate.
Ingredientes:
6 claras de ovo 
300g de açucar 
3 colheres de sopa de cacau em pó
1 colher de chá de vinagre balsamico
50 grs de chocolate de culinária picado finamente + q.b. para decorar

Pré aquecer o forno a 180º.
Bater bem as claras até obter picos (em castelo). Juntar o açucar, uma colher de cada vez batendo sempre, até obter um merengue brilhante. Juntar o cacau, o chocolate e o vinagre e envolver bem e suavemente. 
Fazer um circulo numa folha de papel vegetal ou de aluminio. Deitar o merengue dentro do circulo de modo uniforme. Levar ao forno e baixar para 150º. Deixar cozer por uma hora a uma hora e um quarto. 
Retirar do forno e deixar arrefecer. Vai ficar com um aspecto rachado e abaulado. No momento de servir, bater um pacote de natas com 3 colheres de sopa de açucar e deitar sobre o merengue e decorar com o chocolate partido.

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Frango do campo marinado em tomilho

Uma das ervas aromáticas de que mais gosto é tomilho. Adoro o cheiro que deixa no ar ao cozinhar e o sabor que fica na comida. Combina muito bem com frango.
Cozinhar para muita gente implica agradar a todos e ser o mais economica possivel. Este Natal eramos 16 pessoas à mesa. A solução mais pratica é frango. Inicialmente queria fazer a receita da Nigella "Frango e salsichas com sálvia", mas não consegui encontrar a erva fresca, nem seca na minha zona. Fiz a mesma receita com tomilho e resultou bem.
Frango marinado com tomilho
Marinada:
2 cebolas cortadas em meias luas grossas
2 limões cortados em 8 pedaços
2 colheres de chá de tomilho seco
2 dl de vinho branco
1 colher de chá de mostarda
sal, piri.piri, e azeite q.b.

Frango
Salsichas de churrasco

Deitei todos os ingredientes num saco de plastico "zip-loc" e misturei bem todos os ingredientes. Juntei um frango cortado em pedaços. Fica a marinar de um dia para o outro ou pelo menos 4 horas.

Deitar o frango junto com marinada num tabuleiro de forno, juntar as salsichas e levar ao forno por cerca de 60 a 90 minutos. Colocar papel de alumino na primeira parte da cozedura e retirar nos ultimos 15 a 20 minutos para dourar.

Acompanhei este frango com um assado de batatas pequenas com pele, abobora manteiga e batata doce, descascadas e cortadas em pedaços. Coloquei os legumes numa assadeira, temperados com sal e reguei com azeite. Foi ao forno ao mesmo tempo que o frango.

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Mesas de Natal cá de casa

Tenho a mania de apresentar uma mesa bem posta e com qualquer coisa alusiva à data, seja Natal Páscoa ou aniversários. Ao longo dos anos tenho uma coleção de fotos de mesas, decoradas sempre com pouco dinheiro.
Comosomos muitos à mesa não posso carregar nas decorações, por isso em geral são guardanapos, argolas de guardanapo, uns pequenos centros de mesa ou umas velas. Se houver velas são sempre acesas durante a refeição para simbolizar os familiares que já não estão sentados connosco mas que estão em espírito.

A mesa de consoada foi decorada com umas argolas de guardanapo feitas por mim, com fita branca, tule verde e uma flor, feita com pétalas douradas e uma bola vermelha.  

No dia de Natal, fiz uns pequenos centros de mesa com umas arvores de natal em penas e umas bolas brancas, sobre uma "verdura" a imitar pinheiro. Sobre cada guardanapo um fio de contas preto.

São pequenas ideias para que possamos sempre decorar as nossas mesas, para ocasiões especiais e não só.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Abacaxi no sal

Despertou-me a atenção esta sobremesa, quando a vi no "Outras comidas", um blog que nos faz engordar só de olhar. Passem por lá que vale a pena. 
Diz o dono do blog que esta é uma receita do Henrique Sá Pessoa, mas eu desconhecia totalmente que se pudesse fazer uma sobremesa com sal. 
Não dá trabalho nenhum mas visualmente e olfativamente é uma delicia. O cheirinho a cravinho e canela enche a cozinha. Usei um abacaxi pouco maduro, mas se estiver mais maduro a receita beneficia, já que deve ficar mais doce. É uma boa ideia para servir um abacaxi que ainda está verde para consumir fresco. Uma receita a repetir.
Abacaxi assado no sal
1 abacaxi ou ananás
1,5 kgs de sal de cozinha
250 grs de sal de mesa fino
2 colheres de sopa de canela em pó
2 claras batidas em espuma
cravinhos em grão q.b.

Retirar a rama do ananás e espetar cravinhos na casca.
Bater as claras em espuma, juntar o sal fino e a canela, mexer bem. Acrescentar o sal grosso e misturar bem, obtendo uma espécie de "areia". Deitar uma parte numa assadeira de modo a fazer o fundo, colocar o ananás e cobri-lo com a restante mistura. Se necessário salpicar de vez em quando com um pouco de água.
Levar ao forno a 180º por 60 a 90 minutos.
Abrir na mesa com cuidado, quer por estar quente quer por fazer alguma sujidade.

Retirar a casca, partir em rodelas e servir acompanhado de uma colher de gelado de baunilha e molho de chocolate.